Quero ser um VIDRACEIRO. Por onde começar?

Atualizado: 16 de nov. de 2021

O maior número de contatos que recebemos nas entidades patronais vidreiras AMVID e Sinvidro-MG são de pessoas que querem abrir o seu próprio negócio ou trabalhar como VIDRACEIRO de forma autônoma.


Optamos por fazer esse post que vai orientar essas pessoas para que percorram um caminho seguro e melhor estruturado para a criação de um negócio, evitando que façam parte dos 71% de microempresários que entram em falência em até 5 anos após a abertura do negócio, conforme mostra a pesquisa do SEBRAE.


1 - POR ONDE COMEÇAR?

ENTENDER O SEU NEGÓCIO


A nossa primeira dica e talvez a mais importante delas é PROCURE O SEBRAE. O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) é uma entidade privada sem fins lucrativos. É um agente de capacitação e de promoção do desenvolvimento, criado para dar apoio aos pequenos negócios de todo o país.


Lá você contará com CONSULTORIAS e CAPACITAÇÕES GERENCIAIS GRATUITAS para orientá-lo quanto ao início do seu negócio. Juntos farão um PLANO DE NEGÓCIO que vai de ajudar a escolher quais as capacitações você deve fazer, quanto de recurso você precisará para iniciar seu negócio e qual o nicho de mercado você terá mais sucesso ao atuar.



2 - INFORMAÇÕES SOBRE O VIDRO PLANO

ENTENDER DO PRODUTO


Saber do produto, da cadeia onde seu negócio está inserido e sobre à legislação para uso desse produto é tão importante quanto ter clientes interessados em adquirir seu produto ao abrir a empresa.


Você encontrará diversos vídeos e muitas informações sobre o VIDRO PLANO no mundo virtual. Entretanto é preciso cuidado com o que ouve e vê por aí, pois como em todo setor, você encontrará a informação equivocada também. Para facilitar o caminho, indicamos leitura e vídeos dos seguintes sites, veículos e canais:

  1. AMVID/Sinvidro-MG

  2. Abividro

  3. Abravidro

  4. Projecção Consultoria - Paulo Sérgio Mattos

  5. Setor Vidreiro - Gabriel Batista

  6. Dona Normas - Franciny Marques

  7. Revista OVIDROPLANO

  8. Revista TECNOLOGIA E VIDRO